O editor.

JOÃO BATISTA SOUZA é funcionário de carreira de fiscalização sanitária da Prefeitura de Belo Horizonte – PBH há 33 anos, sendo que dezenove desses anos foram dedicados à Vigilância Sanitária, onde exerceu vários cargos de gerenciamento, em níveis central e regional.

Presidiu a Associação dos Fiscais Sanitários Municipais – AFISA, por 3 mandatos consecutivos, em eleições unânimes da categoria, entre 1991 e 1996, ocasião em que coordenou na Câmara Municipal uma comissão responsável pela elaboração de ante-projeto de lei que, sancionado sem vetos pelo Prefeito Patrus Ananias de Sousa, transformou-se na Lei Municipal nº 7.031, de 13 janeiro de 1996, primeiro Código Sanitário Municipal do Brasil.Deixou a entidade em 1997, durante a primeira administração do prefeito Célio de Castro, quando a convite do secretário Antônio de Faria Lopes, assumiu a chefia do Gabinete da Secretaria Municipal de Governo.

Entre 1998 e 2002 foi chefe geral da Vigilância Sanitária Municipal, retornando à Secretaria Municipal de Governo no final de 2002, quando prestou assessoramento àquela secretaria.

 

No período em que gerenciou a Vigilância Sanitária Municipal, foi responsável pela implantação/implementação da MUNICIPALIZAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM BELO HORIZONTE, com os fiscais sanitários ampliando seu leque de ação, vistoriando hospistais, clínicas, consultórios, etc. Antes, o município somente fiscalizava a área de alimentos, com um quadro mínimo de fiscais, que em sua gestão foi expandido, inclusive com a criação do cargo de Fiscal Sanitário Municipal de Nível Superior, e a realização de concurso público para esta área em 2000.

Entre 2003 e 2004 assumiu conjuntamente a Assessoria de Comunicação Social e a Gerência de Informações Técnicas da Administração Regional Oeste, tendo lançado neste período o documento Perfil Histórico, Econômico e Estatístico da Regional Oeste, disponível no site da PBH.

Foi Chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais do Gabinete do Prefeito da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte entre 2009 e 2011, e atualmente é Gerente Operacional da Secretaria Municipal Adjunta de Fiscalização –SMAFIS, também da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

 

É graduado em Matemática pela Universidade Federal de Minas Gerais, 1985.

 

É pós-graduado em Vigilância Sanitária e Epidemiológica pela Universidade de Ribeirão Preto, São Paulo, 2001.