Encontro no CDL

09/10/2012 17:40

Uma apresentação teatral sobre a importância da atuação do fiscal em Belo Horizonte marcou o primeiro encontro da Secretaria Municipal Adjunta de Fiscalização (SMAFIS), realizado na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), bairro Funcionários. O evento contou com as presenças do prefeito Marcio Lacerda, do secretário municipal de Serviços Urbanos, Pier Senesi, e da secretária da SMAFIS, Miriam Leite Barreto, e reuniu funcionários, gerentes e fiscais.

A SMAFIS foi criada em janeiro de 2011, com a finalidade de elaborar e implementar uma política de fiscalização nas áreas de controle ambiental, limpeza urbana, obras, posturas e vias urbanas da cidade. “A criação do órgão vem afirmar a importância de o município ter uma fiscalização urbana eficiente, que atenda adequadamente as demandas dos cidadãos. Além disso, a SMAFIS vai abordar diretamente os problemas cotidianos, por exemplo, a poluição sonora em bares, passeios mal conservados e construções irregulares”, disse Miriam Barreto.

Marcio Lacerda ressaltou que a fiscalização integrada, que reúne as diversas ações fiscais, é um trabalho coletivo que agrega um conjunto de áreas de resultado, sendo uma delas a modernização, decorrente do avanço do modelo da gestão administrativa. “Esse trabalho é pioneiro no país”, pontuou.

 A fiscalização integrada tem como foco principal garantir a correta utilização do espaço urbano do município, por meio do cumprimento e efetiva aplicação da legislação vigente, nas áreas urbanísticas, ambiental e sanitária, mediante delegação. Tem como foco também a integração das diversas ações fiscais e a disponibilização de ferramentas móveis que permitem verificar e registrar os trabalhos desenvolvidos em campo pelos fiscais.

“Esse trabalho pretende alcançar resultados de impacto positivo para o município, como a redução do número de irregularidades, maior confiabilidade nas informações prestadas pelo servidor ao cidadão, efetiva padronização dos procedimentos fiscais, menor custo operacional, aumento na capacidade de atendimento às demandas e melhor gestão dos serviços executados”, explicou Miriam Barreto.