Aulas em parques municipais com foco ambiental para sensibilizar e conscientizar sobre a importância de não poluir o meio ambiente e preservar os recursos naturais.

21/07/2015 09:11

*** DOM, 21/07/2015.

 

Desta forma, representantes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos estão participando do projeto Líderes Ambientais, ministrando palestras sobre o programa Operação Oxigênio e falando sobre o combate à pichação em Belo Horizonte. Ao todo, 174 monitores participarão de sete módulos práticos e teóricos.

As primeiras palestras sobre poluição veicular e combate à pichação foram realizadas nos meses de maio e junho nos parques municipais Nossa Senhora da Piedade, que fica na região Norte, e Burle Marx, no Barreiro, e contemplaram cerca de 50 participantes. As próximas aulas serão realizadas no dia 19 de agosto, no parque Serra Verde, em Venda Nova, e no dia 23 de setembro, no Centro de Educação Ambiental (CEA), na Pampulha. Coordenadora da Operação Oxigênio, Bernadete Carvalho ressalta a importância da iniciativa da Prefeitura em capacitar estudantes para serem agentes ambientais. “Ao mostrar aos jovens que as atitudes de hoje impactam diretamente no futuro do planeta, expliquei que, como futuros condutores de veículos, deverão manter o veículo em bom estado de conservação”, ressaltou, ao destacar que fumaça escura também é sinônimo de desperdício de combustível.

Um dos palestrantes, o gerente do Movimento Respeito por BH, José Luiz de Almeida Costa, salienta que, para preservar o meio ambiente, é preciso começar em casa com pequenas ações e incentivar a mudança do comportamento individual. “Vale ressaltar que o combate à pichação começa em casa, quando a criança deixa de escrever e desenhar nas paredes e passa a utilizar os instrumentos corretos, como o papel”, frisou.

O escopo do projeto Líderes Ambientais foi baseado no projeto Agentes Ambientais Mirins e Juvenis, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente no CEA Venda Nova no ano passado, quando foram formados cerca de 70 jovens. O projeto pretende finalizar a capacitação dos multiplicadores em outubro.

 

Operação Oxigênio

A Operação Oxigênio realiza inspeções em ônibus, caminhões, utilitários e escolares e tem caráter educativo, punitivo e flagrante (vistorias não programadas). O programa é coordenado e executado pela Secretaria Municipal Adjunta de Fiscalização e conta com a parceria da BHTrans e da Polícia Militar de Minas Gerais. As ações fiscais acontecem diariamente em corredores viários estratégicos de Belo Horizonte, além de pontos finais e estações de ônibus. Os responsáveis pelos veículos irregulares são autuados e têm 15 dias para providenciar a manutenção e comprovar a conformidade no “ponto fixo” da Prefeitura (Via Expressa, 3.200, bairro Coração Eucarístico).

A população também pode contribuir para a eficiência do programa, denunciando veículos que circulam com fumaça escura. Basta anotar a placa e informar o tipo de veículo. O proprietário é identificado e convocado para vistoria. As denúncias podem ser feitas por meio do telefone 156 e via SAC WEB disponível no Portal de Informações e Serviços – http://portaldeservicos.pbh.gov.br.