A prefeitura não vai dar trégua aos vendedores ambulantes não credenciados e à ação de cambistas

13/06/2013 17:49
 
 

A prefeitura não vai dar trégua aos vendedores ambulantes não credenciados e à ação de cambistas. Todo o efetivo integrado de 400 fiscais estará espalhado pela cidade no período da Copa das Confederações, sobretudo, no entorno do Mineirão. “Teremos uma ação conjunta com a Secretaria de Fiscalização e a Guarda Municipal. Foram montadas equipes, separadas naqueles pontos de verificação. Elas vão ficar caminhando em torno de todo o estádio. Queremos coibir a ação de ambulantes e cambistas”, avisou o secretário extraordinário municipal da Copa do Mundo, Camillo Fraga Reis.

A parceria com a Polícia Militar também é considerada estratégica, principalmente para a Fifa, que tem direito a cobrar restrições comerciais em um raio de 2 km ao redor do estádio. Dentro do Mineirão, a confederação internacional trabalha com seguranças particulares, mas, do lado de fora, a Polícia Militar tem muito trabalho.

“Na parte externa, vamos trabalhar nos pontos de verificação veicular e na abordagem do torcedor para evitar o acesso de produtos perigosos. O plano também se estende em toda a rota de torcidas, desde o ponto de embarque de torcedores e nas vias”, destacou o coronel Antônio Leandro Betonni, assessor extraordinário da Copa.
Na área interna do Mineirão, o trabalho será voltado para o monitoramento. “A interação tem sido feita através de treinamentos. O contato dentro do estádio é da segurança privada, apoiado pela Polícia Militar, que também tem ações de vistoria e suporte”, explicou Bettoni.

 

*Fonte: Jornal O Tempo, 13/06/2013.

 
 
 
PUBLICADO EM 13/06/13 - 03h00

A prefeitura não vai dar trégua aos vendedores ambulantes não credenciados e à ação de cambistas. Todo o efetivo integrado de 400 fiscais estará espalhado pela cidade no período da Copa das Confederações, sobretudo, no entorno do Mineirão.